A carregar

Modelo de Criação de Valor | Transporte de Carga / Transporte Marítimo | Shipowner

GS Lines

Rotas de Carga entre Lisboa, Leixões, Arquipélago dos Açores, Arquipélago da Madeira, Algeciras, Las Palmas, Arquipélago de Cabo Verde e Guiné-Bissau

Quem somos

178.654 TEU

carregados pelo Grupo, em 2022

A GS Lines é o maior armador do Grupo Sousa e opera 6 navios que asseguram o transporte marítimo regular de carga no West Africa Trade – de Portugal para Algeciras, Canárias, Cabo Verde e Guiné-Bissau – utilizando 2 navios próprios (“Ferdinanda S” e “Raquel S”) e, em Cross Trade, com o resto do mundo. Nas rotas nacionais com as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira opera 4 navios, sendo 3 navios próprios (“Funchalense 5”, “Laura S” e “Rebecca S”).

Dispõe da maior frota em operação de navios porta-contentores dos shipowners portugueses e, também, a mais recente.

Tem uma capacidade instalada de 5.765 contentores (TEUs), sendo que 55% está afeta às linhas internacionais com 3.154 contentores (TEU).

Explorar mais

História

O Grupo Sousa surge em 1985. A área do shipping iniciou-se em 1998, com a aquisição progressiva das quotas do armador regional – Empresa de Navegação Madeirense – aos diversos acionistas, e que viria a culminar, em 1990, na aquisição de 100% do seu capital.

Esse armador operava, inicialmente, com navios afretados e, depois, com navios próprios, garantindo as ligações regulares de navios porta-contentores entre os portos de Lisboa, de Leixões e do Funchal.

Em 1989 é constituído o armador Porto Santo Line para realizar o transporte de mercadorias, entre a Madeira e o Porto Santo, com o navio “Madeirense”, tendo sido transformado, em 1989, para o transporte, também, de passageiros.

Em 1990 é constituído o armador Funchal Frio e é adquirido o navio “Pico Frio” e, posteriormente, o navio “Atlas Frio”, navios frigoríficos que garantiam o transporte de banana da Madeira para o continente português.

Em 2006, é adquirido o navio “Madeirense 3”, por forma a adequar a operação às necessidades de crescimento do mercado da Madeira.

Em 2010, é adquirido o “Funchalense 5”, navio mais moderno, que teve a sua escala inaugural, em Portugal, a 17 de agosto de 2010. Também a velocidade do “Funchalense 5”, que pode atingir 18,5 nós, garante o cumprimento rigoroso dos itinerários estabelecidos – o que já vinha a acontecer com o “Madeirense 3”- mas com uma margem de segurança superior.

Estas duas variáveis (capacidade e velocidade) conjugam-se, no sentido de prestar um serviço de elevada qualidade à Região Autónoma da Madeira, percebida pelos nossos clientes, em boa verdade, os principais beneficiários deste importante investimento. A evolução progressiva dos navios revelou a capacidade de resposta e adaptação do Grupo Sousa às necessidades crescentes do mercado, que prosseguiram na década seguinte.

Neste mesmo ano de 2010, o Grupo adquire o armador Boxlines, responsável pela ligação marítima entre Portugal Continental e as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira. Este aporte de experiência foi fundamental para o crescimento do Grupo na cobertura das linhas marítimas no mercado nacional e no serviço às duas Regiões Autónomas portuguesas.

Em 2015, o Grupo Sousa adquire a Portline Containers International (PCI), que operava as linhas internacionais entre Portugal, Algeciras, Las Palmas, Cabo Verde e Guiné-Bissau, com 3 navios afretado. Em 2019 foi adquirido o navio “Raquel S”, sendo o maior e mais moderno navio porta-contentores detido por shipowners nacionais.

Em novembro de 2019, a GS Lines funde a Empresa de Navegação Madeirense, Boxlines e PCI, culminando um processo de aquisições de armadores, iniciado em 1990, com a Empresa de Navegação Madeirense e Funchal Frio, da Boxlines em 2010, e da PCI em 2015.

Atualmente a GS Lines opera 6 navios – sendo 5 próprios e 1 afretado – nas linhas marítimas entre Portugal Continental, Açores e Madeira, Espanha (Canárias e Algeciras), Cabo Verde (Praia, Mindelo, Sal e Boavista) e Guiné-Bissau.

A GS Lines mantém 2 navios próprios, de 1.577 TEU cada, na operação com Cabo Verde, oferecendo o trajeto mais rápido na ligação com a cidade da Praia, em apenas 5 dias.

Serviços

Tipos de Carga Transportada

Oferecemos uma vasta frota de contentores, com soluções para todas as necessidades de transporte.

Pedir cotação
  • Contentores

    Inclui toda a carga contentorizada: contentores refrigerados e convencionais.

  • Carga Convencional

    Carga geral, maquinaria e volumes pesados no convés.

  • Veículos

    Veículos ligeiros de passageiros e comerciais até 2.500 kg.

Linhas Marítimas

Linhas Marítimas Regulares: Guiver

Algeciras – Leixões – Lisboa – Las Palmas

– Praia – Mindelo

 

Rastreamento de navio

 

Linhas Marítimas Regulares: Alver

Algeciras – Leixões – Lisboa – Praia – Mindelo –  Bissau

 

Rastreamento de navio

Linhas Marítimas Regulares: Morabeza

Algeciras – Leixões – Lisboa – Las Palmas – Praia – Sal – Boavista

 

Rastreamento de navio

Linhas Marítimas Regulares: Madeira – Portugal Continental

Leixões – Lisboa – Caniçal – Porto Santo

 

Rastreamento de navio

Linhas Marítimas Regulares: Açores – Portugal Continental

Leixões – Lisboa – Ponta Delgada – Praia da Vitória – Pico – Horta – Graciosa – Velas – Flores – Corvo – Santa Maria

 

Rastreamento de navio

5.765 TEU

de capacidade nominal

Oferecemos serviços especializados com os arquipélagos dos Açores, Ilhas Canárias, Madeira e Cabo Verde, bem como com a Guiné-Bissau e Algeciras.

As nossas equipas de carga estão empenhadas na satisfação do cliente, focadas na procura de soluções inovadoras para transportar cargas utilizando, principalmente, recursos do Grupo Sousa em todo o mundo, para levar a sua carga com segurança, para onde quer que ela precise de ir. Do armazém ao navio e até ao seu destino final, oferecemos um serviço excecional para cargas que se diferenciam.